6 de fev de 2013

Unilever passa tranquilo pelo São Bernardo

Mesmo sem a americana Logan Tom, o Unilever não teve problemas para bater o São Bernardo, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, e seguir líder isolado da Superliga. Em uma hora e 12 minutos de jogo, a equipe do treinador Bernardinho fez 3 a 0, com parciais de 25/10, 25/13 e 25/14, chegando a 15 triunfos na competição.
O primeiro set refletiu a superioridade da equipe do Rio de Janeiro, que abriu 10 a 0 rapidamente. Mesmo com as orientações do treinador Fernando Lacerda, o time paulista não conseguia pontuar e tinha dificuldades na recepção. Foram quatro pontos de saque para o Unilever, que fechou a parcial em um ataque da melhor pontuadora do jogo, Juciely.
São Bernardo conseguiu melhorar na sequência da partida e esteve à frente durante o início do segundo set. A equipe chegou à primeira parada técnica com vantagem de 8 a 7, mas logo cedeu ao pesado bloqueio do Unilever - foram sete na parcial - e logo viu o placar virar. Com um aceRoberta selou o 2 a 0.
A terceira e última parcial novamente foi fácil para a equipe carioca. Abrindo vantagem logo de início, Bernardinho pôde até preservar algumas titulares e dar espaço às reservas. Gabi Natália e Fofão nem jogaram o set, que foi vencido em um dos erros das paulistas.
Juciely, além de terminar o confronto com 17 pontos, recebeu o prêmio de melhor jogadora em quadra. A canadense Sarah Pavan teve mais 12 e Gabi, dez. Por São Bernardo, Edneia foi quem mais pontuou: oito vezes.
O resultado mantém o Unilever na liderança isolada da Superliga, com 42 pontos e 15 vitórias, três pontos à frente do Sollys/Nestlé, que também venceu nesta terça. São Bernardo tem um único ponto, ainda não venceu na temporada, e segura a lanterna do torneio.
Na próxima rodada, o Unilever encara o Sesi, em São Paulo, enquanto o São Bernardo tem clássico do ABC paulista contra o São Caetano, em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário