11 de out de 2014

Brasil tropeça na semifinal contra os EUA



A seleção Brasileira feminina de vôlei, bicampeã olímpica em 2008 e 2012, segue sem um título mundial no currículo. Neste sábado, o time de José Roberto Guimarães, que chegou às semifinais de forma invicta, perdeu por 3 sets a 0 para os Estados Unidos e ficou fora da decisão da competição disputada em Milão, na Itália. As parciais foram de 25/18, 29/27 e 25/20.

A decepção foi ainda maior porque o Brasil chegou a abrir seis pontos de vantagem no início do segundo set, com 10/4, mas sucumbiu à reação americana e perdeu a parcial de virada. Desanimadas, as jogadoras fizeram um terceiro set ruim, assim como o primeiro, e deram adeus ao sonho do título.


Brasil vinha com 100% de aproveitamento até a semifinal

Brasil e Estados Unidos, líder e vice-líder do ranking mundial, respectivamente, fizeram as finais das duas últimas edições dos Jogos Olímpicos, nas quais as brasileiras levaram a melhor e venceram. O time verde-amarelo também superou as adversárias no dia 5 de outubro, no último jogo da segunda fase. Embora o Brasil tenha vencido com facilidade na ocasião, o duelo não contava com as principais jogadoras de cada seleção, já que os técnicos optaram por utilizar as reservas.

Depois da derrota, o Brasil passa a focar na decisão de terceiro lugar, que será disputada neste domingo, às 12h30 (de Brasília). O adversário sairá do confronto entre Itália e China.

O jogo

Depois de começar vencendo, o Brasil logo sofreu a virada. Tendo dificuldades, a Seleção Brasileira encontrou uma cenário atípico no torneio. Enquanto isso, do outro lado, as americanas, com atuação surpreendente, abriram 16/10 e souberam manter a vantagem para fecharem o set em 25/18.

Dispostas a empatar, as brasileiras voltaram melhores no segundo set. Parecendo estar recuperada do susto do início do jogo, a equipe abriu 6/1 e manteve a vantagem até o final da parcial, até que as americanas reagiram, salvaram set-points e travaram um duelo muito equilibrado para conseguirem vencer e abrir 2 sets a 0.

A perda de chances e a virada no segundo set afetou a Seleção Brasileira, que não conseguiu impor seu ritmo de jogo. Encontrando dificuldades para repetir o que foi visto ao longo da competição, o time de Zé Roberto viu as adversárias abrirem boa vantagem na terceira parcial e não teve forças para correr atrás do resultado.

Com informações de Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário