26 de jul de 2012

Natália segue na Olimpíada; Camila Brait está fora

O técnico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, antecipou hoje que Natália será mantida no elenco que disputará os Jogos Olímpicos, e assim, Camila Brait, que foi como "estepe" na preparação, será cortada.
Natália era a favorita para ficar com a vaga, mas teve que se recuperar de uma lesão que fez com que operasse a canela e tivesse que ficar quase um ano parada. Caso a recuperação não se confirmasse, Camila seria a escolhida.
Mas na tarde desta quarta, em Londres, Natália treinou normalmente e foi confirmada pelo treinador. “Conto com ela. Ela tem condições e é da minha confiança”, falou.
“Ela é uma jogadora diferenciada, de leitura de jogo, de velocidade. Ela tem bloqueio muito bom, a reação de defesa dela é acima do normal.
Pra mim ela é [uma fora de série]”, falou. O dia derradeiro para a decisão seria na quinta-feira.
Natália tem 23 anos e atua como ponta no Unilever/Rio de Janeiro.
Camila Brait também tem 23 anos e é líbero do Sollys/Osasco. As duas atletas nunca disputaram as Olimpíadas.
Ambas são muito amigas e embarcaram juntas, na noite de sábado, para Londres.
"Estou bem", falou Natália, que, apesar a confirmação, puxou a perna em alguns momentos no treino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário