21 de jul de 2012

Thaísa revela abalo no time após corte de Mari

A seleção feminina de vôlei embarcou na noite deste sábado no Aeroporto Internacional de Guarulhos para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres e o corte da ponteira Mari ainda não é assunto encerrado na equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães.
“As meninas ficaram muito abaladas com a notícia. Foi uma semana inteira se arrastando”, disse a central Thaísa, uma das jogadoras mais experientes do elenco.
A jogadora não quis se alongar muito no assunto, mas comentou a decisão de Zé Roberto. “Acho que ele deve saber o que está fazendo”, disse Thaísa.
"A Mari, assim como todas (Sassá. Juciely e Fabíola) as cortadas, vão fazer muita falta, mas é uma opção do Zé Roberto e tem que ser respeitada", disse Paula Pequeno.
Já o treinador preferiu não voltar a comentar o assunto. “Só falo de quem está aqui e vai para Londres”, disse Zé Roberto no embarque da equipe para Londres.
Uma das jogadoras mais experientes da equipe e campeão olímpica em Pequim, em 2008, Mari foi cortada no último dia 10 de julho. A ponteira sofria com a má fase técnica e também com seguidas lesões, motivos alegados para que ela fosse excluída da equipe que disputará as Olimpíadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário