23 de jul de 2012

Vôlei masculino chega a Londres

LONDRES - Chegar a uma Olimpíada precisando dar a volta por cima não é uma novidade para o vôlei masculino do Brasil. Nem se despedir dela, depois, com medalha no peito.
Acreditando na possibilidade de uma reviravolta nos resultados recentes é que o time do técnico Bernardinho desembarcou nesta segunda-feira no aeroporto de Heathrow, em Londres.
Em 2004, o Brasil vinha de uma eliminação para a República Dominicana nos Jogos Pan-Americanos do ano anterior.
Chegou a Atenas e ficou com o ouro. Em 2008, mesmo jogando em casa a fase final, terminou a Liga Mundial fora do pódio, algo que não acontecia há uma década. Em Pequim, faturou prata.
Neste ano, novo desempenho frustrante na Liga, com eliminação antes das semifinais. "Já tivemos outros momentos de derrota.
Esse time tem condições e experiência para reverter isso", garantiu o técnico Bernardinho, no desembarque, apontando Polônia e Itália como rivais que estão em um nível acima dos demais na luta pelo ouro.
O discurso é acompanhado pelo elenco. "Confio muito no grupo para dar uma reviravolta na situação", comentou o experiente Ricardinho, de volta à seleção depois de um longe período afastado. "Nós vamos mudar a opinião geral. Estamos chegando desacreditados e vamos dar a volta por cima", garantiu Bruno.
Já Dante, veterano de três Olimpíadas, chegou a Londres garantindo que o problema no joelho que atrapalhou seu desempenho nos últimos meses está "zerado". Ele também avisou que a equipe chega com "espírito guerreiro" para os Jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário