22 de ago de 2014

Brasil passa com facilidade contra a estreante Bélgica, já pensando na Russia

Após arrasar a Bélgica por 3 sets a 0, na madrugada desta sexta-feira, em Tóquio, no Japão, a Seleção Brasileira feminina de vôlei já pensa no próximo rival no Grand Prix: a Rússia. Apesar de todos os ingredientes para uma partida equilibrada, o técnico José Roberto Guimarães já tem o "segredo" para bater a equipe europeia mais uma vez.

"Agora, vamos estudar a Rússia para ver como efetuaremos as marcações. O nosso saque terá que ser bem colocado, o passe com poucos erros, a defesa bem posicionada e os contra-ataques terão que pontuar bem. Esse é o segredo contra a Rússia", explicou o comandante.

O Brasil é o segundo colocado do torneio, com sete pontos, dois atrás do líder Japão, enquanto a Rússia está no terceiro lugar, com cinco. Uma vitória diante mantém as brasileiras vivas na briga pelo título. Já uma derrota, somada a um triunfo japonês diante da Bélgica, deverá significar a perda do décimo campeonato para o time verde e amarelo.


O Brasil impôs uma verdadeira humilhação a Bélgica na terceira partida da fase final do Grand Prix de Vôlei. Em duelo que colocou frente à frente bicampeãs olímpicas e uma equipe inexpressiva no cenário mundial, a Seleção deu mais um passo rumo ao décimo título do torneio ao vencer por 3 sets a 0, com parciais de 25/10, 25/12 e 25/12, em Tóquio. Foi a primeira vez que os times se enfrentaram.

A Bélgica, que chegou à fase decisiva após vencer a segunda divisão do torneio, ofereceu pouca resistência. E o Brasil não deu qualquer chance às oponentes. Com um saque mortal, o time manteve o domínio do início ao fim. A protagonista foi a central Thaisa, responsável por incríveis sete aces. Ela também foi a maior pontuadora do confronto, com 13 acertos.

O resultado leva o Brasil para a vice-liderança da competição, com sete pontos, contra nove do Japão, que derrotou a China por 3 sets a 0. 

A equipe de José Roberto Guimarães tentará manter o embalo contra a Rússia, que venceu a Turquia em partida polêmica e segue na briga pela taça. O confronto acontecerá na madrugada deste sábado, às 3h (de Brasília).










(Foto: Atsushi Tomura/Getty Images -- Kazuhiro Nogi/AFP - Yuya Shino/Reuters)

Gazeta ESportiva-Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário