27 de set de 2014

De virada Brasil faz 3x2 contra a algoz Turquia


O Brasil sofreu, mas conseguiu bater a “pedra no sapato” Turquia na tarde deste sábado, pela quarta rodada da Liga Mundial de Vôlei, disputada na Itália. Única equipe a vencer a Seleção Brasileira feminina no Grand Prix, as turcas deram trabalho para as brasileiras, mas as meninas do vôlei tiraram forças para virar após estarem dois sets atrás e venceram por 3 sets a 2, parciais de 17/25, 22/25, 25/19, 25/21 e 15/10, para manterem os 100% de aproveitamento.

As comandadas de José Roberto Guimarães viram a Turquia começar arrasadora a partida e abrirem dois sets de vantagem, mas conseguiram reagir no jogo e empataram o confronto. No tie-break, melhor para a Seleção, que se impôs para conseguir a vitória. O Brasil ainda enfrenta a Sérvia, neste domingo, às 15h (de Brasília), pela última rodada do Grupo B.

O primeiro set começou arrasador pela Turquia, que assumiu a dianteira logo de cara e chegou a abrir até nove pontos de vantagem durante a parcial. Sem conseguir reação suficiente, o Brasil ficou entregue durante toda a parcial e sofreu derrota acachapante por 25 a 17.

Ao contrário do primeiro, o segundo set mostrou a Seleção Brasileira mais viva na partida e teve grande equilíbrio. As garotas comandadas por José Roberto Guimarães chegaram a ficar na frente do marcador, mas as turcas conseguiram aumentar o nível para fechar a parcial em 25/22.

A reação brasileira finalmente começou no terceiro set. As meninas nacionais finalmente conseguiram impor seu jogo e não deixaram a Turquia jogar no início da parcial, chegando a abrir nove pontos. Nem mesmo seis pontos seguidos em sequência para as adversárias impediram vitória nacional na parcial por 25 a 19.

Na equilibradíssima quarta parcial, o Brasil conseguiu manter uma leve dianteira por quase todo o set. Na reta final, ambas as equipes passaram a se alternar na frente do placar, mas as brasileiras conseguiram se manter vivas com um 25 a 21. No tie-break, o Brasil chegou a ver a Turquia abrir 8 a 5, mas conseguiu virada na parcial para fechar o set em 15/10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário