13 de set de 2014

Brasil vence o Candá e vai para a 3° fase do Mundial



 Em um teste importante para as pretensões no torneio, o Brasil não foi perfeito, mas venceu neste sábado o Canadá por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/23 e 29/27, em Katowice (POL), e garantiu uma das três vagas do Grupo F na próxima etapa do Campeonato Mundial Masculino de Vôlei.

Classificar-se com uma rodada de antecedência era o objetivo principal, mas quando entrou em quadra a Seleção pensava também em parar Gavin Schmitt, de 2,08m. O canadense foi o maior pontuador da partida com 18 acertos, mas o time de Bernardinho cumpriu a tarefa de controlar o gigante.

Pelo lado brasileiro, o central Lucão colocou a bola no chão da quadra adversária em 15 oportunidades, sendo 14 em ataques e uma de bloqueio.

Com a vitória, o time verde e amarelo mantém a liderança do grupo F, com 18 pontos, e assegura uma das três vagas da chave para a fase seguinte da competição. Já o Canadá fica estacionado na quarta posição, com 10 pontos.

O próximo desafio do Brasil é o último e mais difícil dessa segunda fase e deve definir o líder do grupo F. Os brasileiros vão enfrentar neste domingo, às 11h30 (de Brasília), a Rússia do gigante Dmitry Muserskiy.


O jogo

O Canadá começou mais ligado e agressivo na partida e abriram, logo de cara, 5 a 1 no placar. Depois a defesa brasileira se ajustou e o jogo tornou-se mais equilibrado, com o marcador em 8/6 a favor dos canadenses na primeira parada técnica. Os times voltaram à quadra e o Brasil mostrou o porquê é um dos grandes favoritos ao título. Com boas jogadas de Murilo e Lucarelli e alguns erros da equipe adversária, a equipe verde e amarela foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/14. Após isso, a Seleção Brasileira ainda ampliou a vatagem e, com um ponto do central Sidão, fechou o primeiro set em 25/19.

Se o primeiro set foi determinado por momentos superiores de cada equipe, o segundo foi diferente. O equilíbrio foi a tônica e os dois times trocaram pontos e, depois das duas paradas técnicas, o placar apontou 16/15 a favor do Brasil. Nenhuma das seleções conseguiu se desgarrar no placar, e Bernardinho teve de pedir tempo quando o Canadá fez 21/20. E deu certo. Os comandados de Bernardinho voltaram melhores tanto na defesa quanto no ataque e, com um ataque do ponteiro Vissotto, fecharam a segunda parcial em 25/23.

Assim como na segunda parcial, Brasil e Canadá começaram trocando pontos no terceiro set. No entanto, os canadenses forçaram o saque a abriram 15/11 antes da segunda parada técnica. Bernardinho arrumou o time, que reagiu e empatou o jogo em 16/16.

O time do norte da América queria "beliscar" o tricampeão mundial e manteve a partida equilibrada. No entanto, o Brasil foi muito eficiente no ataque e, depois de quatro match points e um rali incrível, os comandados de Bernardinho fecharam o set, com um ponto de bloqueio, em 29/27 e a partida em 3 sets a 0.

Nenhum comentário:

Postar um comentário