1 de ago de 2012

Volei Masculino_Brasil jogou como campeão olímpico contra a Russia

A consistente vitória da Seleção Brasileira masculina de vôlei sobre a Rússia pela segunda rodada dos Jogos Olímpicos de Londres animou o técnico Bernardinho.
O bom jogo e o ótimo placar de 3 sets a 0 (parciais de 25/21, 25/23 e 25/21) contra um adversário que sempre costuma complicar os brasileiros consolidaram a reação do time, que chegou ao Reino Unido com a desconfiança de uma frustrante Liga Mundial.
"Foi mais um passo, vencemos o segundo grande obstáculo e agora é sair daqui e concentrar nos Estados Unidos. Nós nos inserimos nesse grupo dos que brigam por medalhas. Foi um bom teste, mas ainda cometemos muitos erros.
O time ainda tem oscilações. Está em nível superior ao da Liga Mundial, mas ainda tem oscilações", afirmou o treinador brasileiro após a partida.
A satisfação de Bernardinho diz mais respeito ainda pela atuação da equipe do que simplesmente pela vitória. Na partida, apesar das "oscilações" apontadas pelo comandante, o Brasil conseguiu boas recuperações após algumas quedas de rendimento, como no terceiro set.
"Foi uma vitória importante, tivemos momentos duros no terceiro set e ficamos um pouco atrás, eles recuperaram. Nosso time mostrou mais confiança, mais resistência e regularidade. Não dá para relaxar e achar que está tudo bem", alertou o técnico da Seleção Brasileiro.
O Brasil divide a liderança do Grupo B do vôlei masculino nos Jogos Olímpicos exatamente com os Estados Unidos, próximo adversário da Seleção, na próxima quinta-feira, dia 2 de agosto.
Consciente da qualidade do time americano, Bernardinho espera uma partida ainda melhor de seus atletas.
"É um time consistente e que joga taticamente muito bem. Conhece os times do Brasil. Agora são 48 horas de estudos, um estudo sério com trabalho amanhã para que a gente possa fazer um grande jogo contra os Estados Unidos. Esse é nosso objetivo. Tem que ter uma evolução, ganhando ou perdendo é isso que temos que fazer. Essa é a nossa busca", explicou Bernardinho.
Até agora, o Brasil tem 100% de aproveitamento nos Jogos Olímpicos de Londres. A Seleção masculina ainda não perdeu nenhum set na competição nas partidas contra Tunísia e Rússia, assim como os Estados Unidos, que enfrentaram a Sérvia e a Alemanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário