4 de ago de 2012

Turquia ganha, e Brasil precisa vencer a Sérvia e secar no vôlei feminino

Depois de vencer a China por 3 sets a 2 na manhã desta sexta-feira, a seleção brasileira feminina de vôlei precisou recorrer à matemática para ver as chances de classificação às quartas de final nas Olimpíadas de Londres.
A vitória da Turquia por 3 sets a 2 sobre a Coreia do Sul (25/16, 21/25, 25/18, 19/25 e 15/12) deixou a situação um pouco mais complicada, e o Brasil não depende apenas de si. Mas o cenário não é tão desesperador, e existe até a possibilidade de o time terminar na terceira posição do grupo.
Última a jogar no domingo, a equipe de José Roberto Guimarães entrará em quadra já sabendo o que precisa fazer para se classificar.
O Brasil ocupa a quinta colocação do Grupo B, com quatro pontos, e disputa uma vaga com Turquia (seis pontos), Coreia do Sul e China (ambas com sete pontos). Na última rodada, a seleção enfrenta a lanterna Sérvia, que ganhou apenas dois sets em toda competição.
Se vencerem por 3 a 0 ou 3 a 1 as brasileiras irão a sete pontos e dependerão de uma vitória dos Estados Unidos sobre a Turquia, que chegaria a seis pontos (se perdesse por 3 a 0 ou 3 a 1) ou a sete (se perdesse por 3 a 2), mas ficaria atrás no número de vitórias, primeiro critério de desempate.
Outra possibilidade em caso de vitória brasileira por 3 a 0 ou 3 a 1 seria esperar que Coreia do Sul x China não vá ao tie-break. Assim, a equipe que perdesse o jogo ficaria com sete pontos, mas duas vitórias, uma a menos que o Brasil.
Caso o confronto vá para o quinto set, uma seleção chegaria a nove pontos e a outra ficaria com oito.
Há até a possibilidade de o Brasil se classificar com uma vitória por 3 sets a 2. Para isso, a Turquia terá que perder por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1. Os dois times terminariam empatados em seis pontos, mas as turcas ficariam com duas vitórias contra três das brasileiras.
A única situação que elimina as brasileiras antes de a partida começar é a Turquia vencer os Estados Unidos no último jogo e o confronto entre Coreia do Sul e China for para o tie-break. A favor das turcas está o fato de a seleção americana ter garantido antecipadamente o primeiro lugar do grupo com uma vitória sobre a Sérvia nesta sexta (25/17, 25/20 e 25/16).
Se o Brasil vencer por 3 a 0 ou 3 a 1, a Turquia perder, e o confronto entre sul-coreanas e chinesas não for para o tie-break, a equipe brasileira terminaria na terceira colocação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário