17 de jul de 2013

Liga Mundial: Brasil estreia com derrota para Rússia em jogo tenso

A Seleção Brasileira teve uma estreia complicada na fase final da Liga Mundial de vôlei. Nesta quarta-feira, reeditou a final olímpica dos Jogos de Londres e foi novamente derrotada : levou 3 sets a 2, parciais de 25/17, 23/25, 22/25, 25/19 e 15/11, em partida marcada pela troca de provocações e pelo nervosismo brasileiro.

O resultado em Mar del Plata, Argentina, dá dois pontos aos russos e um ao Brasil, pelo fato de ter vencido dois sets, apesar da derrota. As equipes compõem o Grupo B da competição. O Brasil volta a jogar na sexta-feira, quando enfrenta o Canadá, a outra equipe da chave. Já os russos jogam contra os canadenses nesta quinta.

A Seleção Brasileira lidou com a inegável qualidade russa no vôlei aliada às provocações recorrentes durante toda a partida. Em duas oportunidades o árbitro parou a partida para advertir jogadores – duas para os russos e uma para os brasileiros – por conta de xingamentos, encaradas e gestos trocados na rede. Essa foi uma constante até o tie-break.

O maior provocador foi Alexey Spiridonov, que chegou a levar cartão vermelho, punição que sede um ponto ao adversário. Mas quem definiu a partida a favor da Rússia foi Nikolay Pavlov, que fechou o confronto como o maior pontuador, marcando 25 vezes. Além disso, a equipe europeia ganhou 34 pontos em erros brasileiros.

Faltou tranquilidade para o time de Bernardinho matar a partida depois de sair perdendo, com derrota no primeiro set. A virada para 2 a 1 ocorreu com bom desempenho de Lucarelli e Lucão, os maiores pontuadores brasileiros, com 13 cada um. O experiente Dante também foi bem em momentos críticos, mas mesmo assim a Seleção não resistiu ao forte bloqueio russo e agora terá de buscar a recuperação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário